Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Socorro, sou mãe de um GR

Sou mãe de um guarda redes. Em fase de formação. Aqui pretendo ir escrevendo sobre tudo relacionado com a formação dele e a posição que abraçou.

Sou mãe de um guarda redes. Em fase de formação. Aqui pretendo ir escrevendo sobre tudo relacionado com a formação dele e a posição que abraçou.

Socorro, sou mãe de um GR

02
Mar18

...

A mãe do GR

Os guarda-redes no futebol de formação

 
 

Desde que o meu filho é guarda-redes percebi que a aposta na formação é diminuta ou inexistente em vários clubes e/ou escolas de futebol.
A mudança de jogador de campo para guarda redes surgiu pela falta de meninos para aquela posição.
Recuo uns anos atrás e na altura a baliza era ocupada à vez por um e por outro que ou era escolhido pelo mister ou muito timidamente lá dizia que queria e assim se ia colmatando aquela falta.
Recordo que isso não acontecia apenas na equipa do meu filho, mas em todas as outras.

Nós, pais e mães de guarda-redes, vemos que a maior parte das vezes os nossos filhos fazem o que que vêm, agem por instinto, sem técnica ou conhecimento.
Muitas vezes não sabem simplesmente formar uma barreira, ou assumir a posição correcta num canto ou num livre. Não sabem quando devem cair para agarrar uma bola baixa, não conseguem ter elevação para defender uma bola alta. Viram as costas ao jogo quando recuam para a baliza.
Ouvimos muitas vezes criticas, de fora e de dentro de campo, relativamente à exibição deles e pensamos quão injustos são.
A maior parte das vezes o treino do guarda-redes é inserido no treino normal, em que eles se limitam a ficar na baliza para evitar que as bolas entrem.
Depois vão para os jogos, ditos de competição e, claro, erram. Porque não sabem, mas porque também ninguém os ensina ou lhes explica como se faz.

E se eu pensava que isso era mais visível em escalões de benjamins, bem me enganei porque mesmo no escalão de iniciados vêm-se atletas nessa posição em que é notória a falta de treino especifico.
Mas quando falo de treino especifico, falo de treino dirigido por profissionais competentes, que sabem o que estão a fazer, que sabem o que é importante treinar em cada fase, que são exigentes e assertivos, e não de treinos onde se colocam os miúdos entre os postes a defender remates cujas bolas levam tal velocidade que o risco de entrar bola e guarda redes é uma constante.

O treino especifico de guarda redes foi algo a que dei mais importância, e a equacionar quando percebi que aquilo que se exigia era mais do que se ensinava. 
De que vale dizer a um miúdo guarda-redes que ele esteve mal num lance de golo, por estar demasiado avançado, se depois não se explica a posição em que devia estar no momento do remate? Se não se explica o que fez mal? Se não se explica como deveria ter procedido? Na minha opinião não vale de nada porque o atleta não vai perceber onde e como errou, e de que forma devia ter procedido para poder ter mais sucesso no lance.

A minha sincera opinião é que muitos atletas vão para guarda-redes ou porque acham giro ter umas luvas, ou porque os treinadores acham que não têm perfil para mais nenhuma posição. 
Depois, muitos acabam por desistir porque a qualidade e quantidade de treino especifico que têm é pouca ou nenhuma, falta-lhes quem os apoie e lhes explique que errar todos erram, que sofrer 10 ou 20 golos não aconteceu porque ele falhou, mas porque toda a equipa falhou, falta quem explique onde falhou e porque falhou
E falta-lhes muitas vezes o suporte psicológico e pedagógico para os ajudar a lidar com a frustração do erro ou da falha.

Posto isto, convém dizer que este ano, finalmente, essa falha está colmatada. Na minha opinião, muito bem colmatada. 

 * este texto não foi escrito ao abrigo do novo AO 

 





A Autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Calendário

Março 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D